Carregando

Aguarde, processando!

Marcelo Copello visita Château PAVIE

Marcelo Copello visita Château PAVIE

17/11/2021

Marcelo Copello

Bordeaux

58 Visitas

O Château Pavie é uma propriedade histórica, que remonta aos romanos. Desde a 1à classificação de Saint-Émilion em 1954 o Pavie manteve a destacada posição de Grand Cru Classé “B" e em 2012, subiu a mais alta posição de Grand Cru Classé “A”.

O Pavie foi comprado em 1998 por empresário Gérard Perse, que o renovou totalmente, desde os vinhedos aos tanques de fermentação, e trouxe o consultor Michel Rolland, que imprimiu um estilo moderno e concentrado aos vinhos.

.

Em conversa no Château soube que a a intensão do Pavie é de a cada ano ter menos Merlot e mais Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon. Isso pois a Merlot está sofrendo com as mudanças climáticas, dando vinhos mais maduros e o Pavie busca mais o frescor e os taninos dados pelas duas Cabernets.

.

VINHOS AVALIADOS

.

Arômes de Pavie 2016

Da AOC Saint-Emilion Grand Cru. Segundo vinho do Château Pavie. Elaborado com 70% de Merlot, 20% de Cabernet Franc e 10% Cabernet Sauvignon, das vinhas mais novas do Château, amadurece 50% em inox e 50% por 18 meses em barricas novas. Cor rubi violácea escura. Aroma intenso e focado nas frutas, mais vermelhas que negras, cereja, groselha, muita pimenta, carvalho, tostados, baunilha, grafite. Paladar encorpado, com taninos doces, de boa estrutura, acidez equilibrada.

NOTA 94

.

Château Pavie 2010

Saint Emilion Grand Cru Classé “A”. Elaborado com 70% Merlot, 20% Cabernet Franc e 10% Cabernet Sauvignon, com 18 meses em barricas 80% novas. Cor rubi muito escura. Aroma concentrado, com muitas frutas negras, cassis, carvalho novo, alcaçuz, chocolate, terra. Um canhão, paladar denso, muito encorpado mas ao mesmo tempo bastante equilibrado, com uma belíssima estrutura de taninos, ótima acidez, complexo e profundo. Grande vinho, ainda não está no apogeu, vai crescer por muitos anos ainda.

NOTA 98

.

Château Pavie 2012

Saint Emilion Grand Cru Classé “A”. Elaborado com 60% Merlot, 25% Cabernet Franc e 15% Cabernet Sauvignon, com 28 meses em barricas 70% novas. Cor violácea muito escura. Aroma intenso, com madeira nova na frente, notas de tabaco, pimenta, frutas vermelhas e negras, chocolate amargo, mineral terroso. Paladar robusto, com muitos taninos doces, acidez equilibrada, complexo e profundo. A madeira nova está na frente, talvez mais tempo de garrafa ajude.

NOTA 95

.

Avaliações completas no banco de dados no site: www.marcelocopello.com

Marcelo Copello

Marcelo Copello


Marcelo Copello é um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, com expressiva carreira internacional. Eleito “O MAIS INFLUENTE JORNALISTA DE VINHOS DO BRASIL” pela revista Meininger´s Wine Business International, e “Personalidade do Vinho” 2011 e 2013 pelo site Enoeventos.

Curador do RIO WINE AND FOOD FESTIVAL, e Publisher do Anuário Vinhos do Brasil, colaborador de diversos veículos de imprensa, colunista da revista Veja Rio online. Professor da FGV, apresentador de rádio e TV, jurado em concursos internacionais de vinho, como o International Wine Challenge (Londres). Copello tem 6 livros publicados, em português, espanhol e inglês, vencedor do prêmio Gourmand World Cookbook Award 2009 em Paris e indicado ao prêmio Jabuti.

Especialista no mercado e nos negócios do vinhos, fazendo palestras no Brasil e no exterior, em eventos como a London Wine Fair (Londres). Copello é hoje um dos palestrantes mais requisitados. Para saber mais sobre as palestras e serviços de Copello clique AQUI

  

Contato: contato@marcelocopello.com